A Bananeira Caiu

A Hora E Essa

Ai Ai Ai Ai

Ajuda eu Berimbau

Bahia começa com B

Bom Jesus Da Lapa é

Capoeira E Defesa Ataque

Dona Maria Como Vai Voce

Gunga Meu

O Areia, O Areia

Oi Sim Sim Sim, Oi Não Não Não

Que Barulho É Esse É Um Tal De Zumzumzum

Que Vem La So Eu

Vinha da Bahia pra lhe ver

 

A Bananeira Caiu

O facão bateu em baixo

a bananeira caiu

o facão bateu em baixo

a bananeira caiu

cai cai bananeira

a bananeira caiu

rabo de arria nao e rastra

a bananeira caiu

A hora é essa, a hora é essa

A hora é essa, a hora é essa

A hora é essa, a hora é essa

Berimbau tocou na capoeira
Berimbau tocou eu vou Jogar

Berimbau tocou na capoeira
Berimbau tocou eu vou Jogar

Ai ai ai ai

Ai ai ai ai

O São bento me chama

Ai ai ai ai

São bento me quer

 

Ai ai ai ai

Pra jogar capoeira

 

Ai ai ai ai

O meu mestre me chama

 

Ai ai ai ai

O meu mestre chamou

Ajuda eu Berimbau

Ajuda eu Berimbau

Ajuda eu a Cantar

Ajuda eu Berimbau

Ajuda eu a Cantar

Bahia começa com B
 

Bahia começa com B
Bahia termina e ia

Bahia começa com B
Bahia termina e ia


Berço e mae da capoeira
Meu amigo era a Bahia

Berço e mae da capoeira
Meu amigo era a Bahia


Bahia começa com B
Bahia termina e ia

Bahia começa com B
Bahia termina e ia

 

Vim falar dos velhos mestres
Que viveram na Bahia

Vim falar dos velhos mestres
Que viveram na Bahia

Bahia começa com B
Bahia termina e ia

Bahia começa com B
Bahia termina e ia


Bahia, eee, Bahia, aaa

Bahia, eee, Bahia, aaa

Bom Jesus da Lapa

Bom Jesus da Lapa ê
Bom Jesus da Lapa

Bom Jesus da Lapa ê
Bom Jesus da Lapa

 

Eu nunca fiz inimigo
Sei aonde vou pisar
Eu só peço proteção
Pra maldade afastar

Bom Jesus da Lapa ê
Bom Jesus da Lapa

Eu pedi você ajuda
Para nada me faltar
Pois agora eu lhe agradeço
Bom Jesus da Lapa

Bom Jesus da Lapa ê
Bom Jesus da Lapa

Quem manda no mundo é Deus
E ninguém pode negar
Eu não acredito em Santo
Não carrego patuá

Bom Jesus da Lapa ê
Bom Jesus da Lapa

Abençoe o meu caminho
Por onde eu caminhar
Ilumine a escuridão
Pra eu sempre enxergar

Bom Jesus da Lapa ê
Bom Jesus da Lapa

Capoeira É defesa, ataque

Capoeira
É defesa, ataque

A ginga de corpo
E a malandragem

 

Capoeira

 

É defesa, ataque
A ginga de corpo
E a malandragem

 

São francisco nunes
Preto velho meu avô
Ensinou para o meu pai
Mas meu pai não me ensinou

 

Capoeira

É defesa, ataque
A ginga de corpo
E a malandragem

 

O maculelê
É dança do pau
Na roda de Capoeira

È no toque do Berimbau

 

Capoeira

É defesa, ataque
A ginga de corpo
E a malandragem

 

Eu ja tive em moçambique
Eu ja tive em guinè
Tô voltando de angola
Com o jogo de malè

Capoeira

É defesa, ataque
A ginga de corpo
E a malandragem

Se você quiser aprende
Vai ter que praticar
Na roda de Capoeira
E’ gostoso de joga

Dona Maria como vai você

Como vai você, como vai você
Dona Maria, como vai você

 

Joga bonito que eu quero ver
Dona Maria, como vai você

 

Joga com calma que eu quero aprender
Dona Maria, como vai você

 

Esse jogo é Capoeira, não é karate
Dona Maria, como vai você

Gunga é meu, gunga é meu

Gunga é meu, gunga é meu
gunga é meu, é meu, é meu


Gunga é meu, gunga é meu

 

Gunga é meu
foi meu pai que meu deu

Gunga é meu, gunga é meu

Gunga é meu
foi meu Mestre que meu deu

 

Gunga é meu, gunga é meu

 

Gunga é meu
não vou da pra ningem

Gunga é meu, gunga é meu

e gunga é meu é meu é meu

Gunga é meu, gunga é meu

O Areia, O Areia

O areia, o areia
O areia, o areia

 

Dá licença moço
Areia
Que eu quero passar
Areia
Areia do Rio
Areia
Areia do Mar
Areia

Ô sim sim sim, Ô não não não

Ô sim sim sim, Ô não não não

Ô sim sim sim, Ô não não não


Hoje tem, amanha não
Hoje tem, amanha não


Ô sim sim sim, Ô não não não

Ô sim sim sim, Ô não não não

Que Barulho é esse é um tal de zumzumzum

Que barulho é esse é um tal de zumzumzum?
Que barulho é esse é um tal de zumzumzum?


Foi o Manduca da praia que acabou de matar um
Foi o Manduca da praia que acabou de matar um


Quando a policia chegou foi um tal de auê auê
Quando a policia chegou foi um tal de auê auê


Vamos embora seu moço que essa briga é pra vale
Vamos embora seu moço que essa briga é pra vale

Quem vem la Sou eu

Quem vem lá? Sou eu
Quem vem lá? Sou eu
Berimbau bateu
Capoeira sou eu

Quem vem lá? Sou eu
Quem vem lá? Sou eu
Berimbau bateu
Capoeira sou eu

Eu venho de longue
Venho da Bahia
Jogue Capoeira
Capoeira sou eu

Quem vem lá? Sou eu
Quem vem lá? Sou eu
Berimbau bateu
Capoeira sou eu

Ę sou eu, sou eu
Quem vem lá
Sou eu Brevenuto
Quem vem lá
Montado a cavalo
Quem vem lá
Fumando charuto
Quem vem lá

Vim lá da Bahia pra lhe ver
 

Vim lá da Bahia pra lhe ver,
Vim lá da Bahia pra lhe ver
Vim lá da Bahia pra lhe ver,
Pra lhe ver pra lhe ver,
Pra lhe ver, pra lhe ver

Vim lá da Bahia pra lhe ver,
Vim lá da Bahia pra lhe ver
Vim lá da Bahia pra lhe ver,
Pra lhe ver pra lhe ver,
Pra lhe ver, pra lhe ver

Tava la no alto da Ribeira
Na Bahia que è terra de muito axê
Minha mae è uma grande lavadeira
O meu pai nos appendera na colheita do cafè

Vim lá da Bahia pra lhe ver,
Vim lá da Bahia pra lhe ver
Vim lá da Bahia pra lhe ver,
Pra lhe ver pra lhe ver,
Pra lhe ver, pra lhe ver

Minha jangada vem pro Rio de janeiro
Vem ate Salome e São Tropè
Vem que eu so um bom jangadeiro
Tambem so um capoeira vim aqui so pra lhe ver

Vim lá da Bahia pra lhe ver,
Vim lá da Bahia pra lhe ver
Vim lá da Bahia pra lhe ver,
Pra lhe ver pra lhe ver,
Pra lhe ver, pra lhe ver

Chegar ao Rio de Janeiro
Terra com clima genial
Trouxe de lembrança pra você um atabaque
Um pandeiro e tambem trouxe um berimbau

Vim lá da Bahia pra lhe ver,
Vim lá da Bahia pra lhe ver
Vim lá da Bahia pra lhe ver,
Pra lhe ver pra lhe ver,
Pra lhe ver, pra lhe ver

Para na Baía de Guanabara
De frente ao faro Cristo Redentor
Me deu fome eu comei o Pao de açucar
Fui pra Barra da Tijuca so pra ver o meu amor

Vim lá da Bahia pra lhe ver,
Vim lá da Bahia pra lhe ver
Vim lá da Bahia pra lhe ver,
Pra lhe ver pra lhe ver,
Pra lhe ver, pra lhe ver

These are the songs that will be sung during any performances. Please do your best to learn the chorus.

Capoeira é da nossa cor

au ê au ê au ê ê

E lê lê lê lê lê lê lê lê lê ô

au ê au ê au ê ê

E lê lê lê lê lê lê lê lê lê ô

tá no sangue da raça brasileira

Capoeira

é da nossa cor

berimbau

é da nossa cor

atabaque

é da nossa cor

pandeiro

é da nossa cor

au ê au ê au ê ê

E lê lê lê lê lê lê lê lê lê ô

au ê au ê au ê ê

E lê lê lê lê lê lê lê lê lê ô

Sacode a poeira

Sou brasileiro, vim das bandas la do norte, vim tentar a minha sorte para a vida melhorar, Eu sou guerreiro e nao tenho medo da morte capoeira pede sorte eu vim aqui para lutar.

 

E sacode a poeira, e balanca, e balanca, e balanca, e balanca. (X2)

 

Casa de ferreiro, espeto de pau, Pois nao brinca comigo voce vai se dar mau, Dou cabecada, meia lua, rasteira, e se entrar eu dou de berimbau,

E sacode a poeira, e balanca, e balanca, e balanca, e balanca. (X2)

Capoeira que e bom nao vai embora, capoeira que e bom nao foge do pau Oi levanta a poeira aia

Roda Maravilhosa

Bem-te-vi vôou, vôou

Bem-te-vi vôou, vôou

Deixa voar

Lá lauê lauê lauê lauê

Lá lauê lauê lauê lauê

Que som o que arte é essa

de luta e brincadeira

Que roda maravilhosa é essa

Omulu Capoeira

Em cada som em cada toque

em cada ginga, tem um estilo de jogo

Em cada som em cada toque

em cada ginga, tem um estilo de jogo

Lauê lauê lá

Lá lauê lauê lauê lauê

Para Roda Capoeira

Para roda Capoeira, para vai ter que parar

Eu não para roda Capoeira

que cavalaria acabou de chegar

Para roda Capoeira, para vai ter que parar

Eu não para roda Capoeira

Os homens tão armado, ele vai te matar

Para roda Capoeira, para vai ter que parar

Eu não para dejeito nenhum

sou filho de Ogum e de pai Oxala

Para roda Capoeira, para vai ter que parar

Eu ñao para sou cabra ligeiro

nasci mandingeiro, dou salto mortal

Para roda Capoeira, para vai ter que parar

Eu ñao para repito de novo

esse jogo de povo é vai continuar

Para roda Capoeira, para vai ter que parar

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

  Email: omulusf@gmail.com

Copyright © Omulu Capoeira Group. All Rights Reserved.